Vino & Sapore

Tem “Caviste” na Granja Vina!

Essa foi a chamada para um vídeo que o amigo Didu Russo fez em seu site sobre a visita que me fez na Vino & Sapore. Adorei, foi de supetão, sem nada de pré-avisos ou textos pré elaborados, chegou e começou a filmar! rs Bem informal e difícil de na hora e em questão de segundos escolher algo para mostrar pois ao longo dos anos venho recolhendo em minhas prateleiras muitas coisas interessantes, fora os portos seguros que sempre há que ter, sem descuidar de preço porém jamais deixando de olhar qualidade em suas gamas específicas, coisa que é prioridade total para mim. Até os baratinhos lá na Vino & Sapore primam pela qualidade em sua faixa de preço, há vida sim fora dos grandes vinhos de preços nas alturas, só precisa fuçar e abrir mão de eventuais preconceitos.

Há quase dez anos que escrevo regularmente minhas mal traçadas linhas tentando compartilhar experiências e conhecimento, mas há bem mais anos que isso tomo vinho e sempre trabalhei muito para garantir meu sustento, seio o quanto a conta pesa ao final do ano para os fiéis seguidores de Baco, especialmente no reino dos impostos e altos custos chamados Brasil. Foram estes mesmos objetivos que tracei para Falando de Vinhos e na filosofia por trás de cada post ao longo destes anos que, posteriormente, levei para as prateleiras da Vino & Sapore:

O intuito principal desta coluna é o de demonstrar que há “vida” fora do mundo dos; Romanée Conti, Mouton Roschild, Veja Sicilia Único, Barca Velha, Gaja Costa Russi, Ornellaia Toscana, Opus One, Penfolds Grange, Chateau Margaux e Chateau Petrus, entre outros vinhos excepcionais, mas a preços fora do alcance da grande maioria de nós pobres mortais. Encontrar, e tomar, excelentes vinhos nos níveis destes maravilhosos néctares não é tarefa difícil, mesmo que não se tenha mínima ideia do que eventualmente haja na taça! Qualquer um o pode fazer, basta que tenha a disponibilidade financeira para bancar algumas destas garrafas que podem custar 800, 1000, 2000 , 12.000 Reais e até mais.

Encontrar vinhos de qualidade a preços acessíveis em nossa terra brasilis é um processo mais complexo que requer muita leitura, muita degustação, garimpo e pesquisa. Esta é a ambição desta coluna, buscar descobrir e trazer aos leitores, essas pérolas escondidas num mar de mais de 25.000 rótulos disponíveis hoje no mercado Brasileiro, tentando desmistificar os preconceitos em torno do vinho. Existe muita coisa boa, entre muita ruim, a preços acessíveis mas que poucos tratam de divulgar, pois não dá ibope o povo gosta é de glamour.

São essas descobertas que espero poder compartilhar com os leitores e amigos do vinho. Vinhos de R$200, 300, 400 e 700 são bons? Tem obrigação de o ser, muitos são ótimos, mas quantos de nós os podemos tomar com regularidade. Como explorador, ou garimpeiro, que sou, quero achar alegria e prazer em vinhos bons de R$40 (que são poucos) nos de R$60 (que são muitos) e nos de R$80 , 100 e 150 (que já são um montão) e compartilhar isso com quem nutre os mesmos valores e interesses”

Tudo isso está lá na Vino & Sapore e fiquei imensamente feliz que o Didu tenha percebido isso ao fazer este vídeo. Acompanhem a entrevista/reportagem feita pelo Didu clicando na imagem abaixo. Valeu Didu, valeu gente! Kanimambo e sigo por lá e por aqui aguardando a visita dos amigos e amantes de bons vinhos, sáude!

Um caviste por Didu Russo

 

 

Salvar

Salvar

Vinhos, Mestre Queijeiro e Pães Artesanais, Vem!

É gente, este próximo dia 27 de Maio (Sábado) no Saturday Afternoon Tasting a ser realizado na Vino & Sapore, há mais do que vinho! Aos já definidos parceiros; Wine Lovers e Lusitano Imports,  que trarão 14 rótulos de diferentes regiões, cepas e estilos de vinhos, se juntam agora o Mestre Queijeiro e a Raquel Santos com seus pães artesanais, e o evento ficou ainda mais gostoso. Somente 50 convites disponíveis para venda antecipada a R$40,00 cada! Interessado, veja detalhes clicando aqui!!

Mestre queijeiro clipboard

Diversos queijos à prova e venda no dia direto com o Mestre Queijeiro, o amigo Bruno que virá de Pinheiros especialmente para abrilhantar este evento.

Raquel pães clipboard

A Raquel Santos, amiga e parceira de longa data envereda por um outro caminho, o de deliciosos pães artesanais para serem degustados na hora, compra disponível assim como encomendas. Tanto com a Raquel como com o Mestre Queijeiro, a compra ou encomenda dos produtos será feita diretamente com eles.

E os vinhos, o que estará disponível para prova? junto com a Lusitano e a Wine Lovers, escolhemos rótulos que primem por trazer à prova dos presentes a diversidade de nossa vinosfera, marca que diferencia a Vino & Sapore. Sempre saindo da mesmice, buscando explorar novos sabores!

Burson Brut Rosato, um espumante italiano elaborado com uma uva desconhecida da maioria, a Longanesi!

Denatile Syrah/Nero d’Avola da Sicilia

Badia di Morrona Caligiano Chianti da Toscana com promoção especial exclusiva para o evento

Burnside Road Sunset Red Blend da California/EUA

Tricky Rabbit Cabernet Franc/Carmenére do Chile

Nancul Reserve Collection Malbec do Chile

Paxis Douro de Portugal

Finca Agostino Reserva Syrah/Malbec da Argentina

Casa do Lago Tinto da Região Lisboa em Portugal

Tricky Rabbit Pinot Noir/Syrah do Chile

Finca Altorfer Malbec de Mendoza na Argentina

Nancul Family Reserve Cabernet Sauvignon/Syrah do Chile

Finca Agostino Reserva Chardonnay/Viognier da Argentina

E para finalizar o lançamento recém chegado ao Brasil pelas mãos da Wine Lovers, um vinho tinto do Languedoc (França) que será uma surpresa.

af_cartaz (1)

Uma ótima semana para todos e caso tenha interesse, não dê mole não, garanta logo seu convite! Uma ótima semana para todos, saúde e kanimambo pela visita, fui!

FOTOS:

Clique para ampliar / Fotos meramente ilustrativas

 

Salvar

Só Brancos na Frutos do Garimpo do mês Passado

Confraria Frutos do Garimpo - Logo para e-mailA seleção que consegui fazer para este inicio do Ano Novo, Janeiro, foi especialmente grata de montar porque adoro brancos e porque achados de ótimo preço são sempre um prazer encontrar quando no garimpo! O quente verão, apesar destas última semanas para lá de chuvosas, tem tudo a ver com eles assim como a gastronomia da época que pede alimentos mais leves. Minha opinião sobre estes vinhos segue abaixo.

Rotas do Alentejo Branco 2015 – Do Alto Alentejo sendo composto de Arinto (45%), Antão Vaz e Verdelho que resultam num vinho fresco, seco, com bom final de boca que pede bis. Leve para médio corpo, com rico meio de boca, boa acidez sem agressividade, muito bem equilibrado com um teor imperceptível de 13% de álcool, cítrico com toques de nectarina (ou algo similar). Boa intensidade olfativa em que a fruta fresca dita o tom, mesmo não sendo exuberante é muito convidativa e reflete bem o que está na taça. Na minha opinião um achado, possui densidade de boca sem o peso que costuma caracterizar os brancos de região quente alentejanos. Muito agradável e sedutor, já o tinha comentado aqui. Preço de mercado sugerido pela importadora GAL em Floripa, R$60,00.

VSE Chardonnay Reserva 2014 – um vinho de altitude, menos comum no Chile, de vinhedos a cerca de 900 metros no Vale de Aconcagua nas encostas dos Andes. Só 30% é fermentado em barricas sendo o restante em tanque de inox o que permite que a madeira no vinho seja muito sutil e elegante. Dias quentes e ensolarados, à noite desce uma brisa gelada dos Andes, resultando em boa variação térmica que gera as condições ideais para a maturação da uva e boa acidez. O que mais me seduziu neste vinho é seu equilíbrio, mostrando tudo o que esperamos de um bom chardonnay sem a forte presença de madeira que ofusca a fruta. Aqui os aromas frutais estão bem presentes, na boca mostra a cremosidade típica da uva, frutos tropicais, aquele toque de abacaxi muito bem balanceados pela boa acidez. Boa textura, um vinho que transmite, como a maioria dos vinhos desta seleção, uma percepção de valor superior ao preço de mercado. Um bom Chardonnay com preço idem e na confraria melhor ainda! Preço de Mercado sugerido pela importadora Almeria, R$69,00.

Apaltagua Reserva Sauvignon Blanc 2015 – este e o Pinot Grigio abaixo, são dois achados do ano de 2015, a essência dos vinhos com relação PQP (Preço x Qualidade x Prazer)! O vale de San Antonio a apenas 30 kms da costa e a sul de Casablanca, solo granítico, recebe toda influência da corrente de Humbolt que vem do oceano transformando a região como uma das melhores no Chile para a produção de brancos aromáticos (ótimos Sauvignon Blanc, Gewurztraminer e Rieasling) e Pinot Noir. Expressivo no nariz com notas cítricas, lima e sutis notas herbáceas nos convidam a levar a taça à boca onde o vinho confirma tudo o que anuncia na paleta olfativa. Os frutos cítricos despontam com um toque mineral de final de boca, muito balanceado, fresco, um vinho que agrada demais, pelo menos a mim e que acompanha muito bem frutos do mar, risoto de aspargos com brie ou só um bom bate-papo torradinhas e queijo de cabra! Preço de mercado sugerido pela importadora GAL em Floripa, R$60,00.

Apaltagua Reserva Pinot Grigio 2015 – mais que um achado, uma grande surpresa porque nunca tinha tomado um Pinot Grigio chileno e gostei muito. Intensa paleta olfativa com toques florais e frutado. Depois de fermentado em tanques de inox, passa cerca de 3 meses sur lie para intensificar aromas e ganhar um pouco mais de estrutura enquanto preserva seu caráter frutuoso onde apareceu de forma um pouco mais vibrante as notas de maçã verde. Bom frescor, balanceado, com o mesmo final algo mineral do Sauvignon Blanc, porém aqui senti algo de salinidade, interessante e gostaria de ver se você acha isso também. Algo mais dourado na cor, o meio de boca me seduziu, gostosa textura e volume, um belo vinho nessa faixa de preço e assim fecho esta seleção. Preço de mercado sugerido pela importadora GAL em Floripa, R$60,00.

IMG_20170206_090724618

A Frutos do Garimpo é uma confraria virtual com oportunidades e achados garimpados já com o preço de mercado bem convidativo e que,com a participação do produtor ou importador parceiro, traz aos confrades uma oportunidade de tomar esses vinhos com preços ainda mais convidativos, porém em quantidade limitada, deixando à livre escolha de cada um comprar ou não, sem qualquer obrigatoriedade! Trabalhando na seleção de Fevereiro, que está por sair da peneira, e em breve compartilho com os amigos daqui de Falando de Vinhos, já que os confrades, esses têm prioridade e já até os deverão ter tomado até lá! rs Aliás, os comentários dos confrades e confreiras por aqui são mais que bem-vindos.

Para quem perdeu ou quer mais dos vinhos provados, pesquise no mercado. Sei que na Vino & Sapore (Granja Viana/Cotia/SP) tem algo e no Armazem Conceição em Floripa também, mas certamente outros bons estabelecimentos do ramo os deverão comercializar, uma ideia de preços você já tem! Saúde, kanimambo pela visita e espero seguir vos vendo por aqui ou pelas esquinas de nossa vinosfera. Uma ótima semana para todos!

Diversidade No Mundo do Vinho

Nossa vinosfera é um vasto ambiente no qual não cabem verdades absolutas, aprendi isso faz tempo e volta e meia sou lembrado disso pelos fatos. Diversidade de uvas, de formas de vinificação, de terroirs, de enólogos, de sabores, de aromas porquê nos vino-globeatermos a um só quando podemos nos divertir na busca? Quem disse que na argentina só sabem fazer Malbec, que no Chile só sabem fazer Carmenére ou Tannat no Uruguai? Quem disse que no Brasil não se faz bons vinhos ou que todo o vinho sul-africano é pinotage? Se você acredita em qualquer uma dessas premissas e outras de gênero, vai aqui meu desafio para abrir sua mente a novas experiências e explorar esse mundo mágico. Como? Degustando, provando coisas novas e hoje trago aqui uma oportunidades dessas. Na Granja Viana, Vino & Sapore por supuesto (rs), daqui a dez dias.

 

Diversidade Argentina – Dia 22 de Setembro ás 20 horas na Vino & Sapore! Descubra uma argentina diferente através de seis vinhos tintos e um espumante sendo que somente este último será de Malbec. A idéia é desconstruir essa imagem de que os hermanos somente sabem produzir bons Malbecs, ledo engano meus amigos! Minha experiência, no entanto, viajando mais de 5 mil quilômetros por regiões produtoras provando de tudo um pouco e conhecendo algumas centenas de rótulos, me dizem o contrário e convido vocês a conferir, não precisa acreditar em mim não! Para apenas 12 pessoas, seis vinhos e mais o espumante, vejam a lista de rótulos que estão numa gama de preços entre 100 a 230 Reais.:

Vicentin Rosé Extra-brut Rosé de Malbec
Penedo Borges Cabernet Sauvignon Reserva
Lagarde Guarda Cabernet Franc
El Enemigo Bonarda
Vicentin Backbone Co-Fermented Blend*
Las Moras Gran Syrah 3 Valleys
Fabre Montmayou Gran Reserva Merlot
 
Durante a degustação, os costumeiros queijos, frios, pão e água e ao término serviremos empanadas da Caminito, um de nossos parceiros de longa data.O preço da descoberta será de R$150,00 por pessoa a serem pagos no ato da reserva, vai dar mole? Contatos de Terça a Sábado das 14 às 19h pelo telefone (11) 4612-6343 ou pelo e-mail comercial@vinoesapore.com.br .
 Por hoje fica esta dica, mas durante o resto da semana tem mais. Saúde, kanimambo pela visita e nos vemos por aí!

Salvar

Salvar

Taças de Vinho, Redescobrindo Sabores e Aromas.

Mesmo não sendo um xiita sobre o assunto, já deixei claro por aqui que uma boa taça pode sim fazer uma diferença enorme sobre o vinho nela tomado. Lógico que há momentos para tudo, já me diverti à beça tomando vinho num copo de requeijão numa tasca em Portugal ou de plástico na praia em Floripa, so what, como disse numa gravação há época, tudo vale a pena quando a alma não é pequena ! Agora, um bom vinho na temperatura e taça certa fazem toda a diferença e não há como negar!

Clipboard Riedel Tasting 2016

Semana passada realizei a terceira edição da Riedel Tasting Experience em parceria com ela mesma, a Mistral e minha amiga Nazaré, chef e proprietária do restaurante Vedhanta aqui no centrinho da Granja Viana, quando degustamos alguns bons vinhos em taças especificas para quatro varietais. É uma degustação de taças onde exercitamos nossa capacidade sensorial através de um exercício em que o vinho vai mudando de taça e, no processo, sabores e aromas, vão e vêm como mágica! Só que não é mágica não, é pura engenharia, que faz com que possamos tirar ao máximo tudo aquilo que um vinho varietal de qualidade pode nos oferecer e não só.

Clipboard Riedel tasting GlassesA Riedel estudou isso a fundo e como tal se tornaram ao longo dos anos especialistas em tirar o máximo de cada caldo em suas taças. Do vinho, ao café, passando pela Coca-Cola e Malt Whisky ou Cognac, para cada caldo uma taça para realçar todo o potencial que cada um tem. Tá, sei que pode ser exagero e preciosíssimo excessivo, mas que funciona, funciona. Tenho vários amigos que não acreditavam, inclusive alguns engenheiros professores que vieram conferir e comprovaram o fato. O mais legal é que agora, no caso de dúvida se pode usar um app que eles disponibilizam que possibilita que você possa tirar dúvidas na hora que precisar com relação à taça mais indicada para o vinho que vai servir, clique aqui e baixe.

Campeão nesse tipo de evento é sempre a taça de Chardonnay para vinhos com passagem por barrica, em que conforme você troca de taça o vinho vai literalmente sumindo, tanto no nariz quanto na boca, morre e ao voltar para sua taça ressuscita retomando todas as suas características, algo que normalmente deixa as pessoas boquiabertas! Desta feita, no entanto, me surpreendi muito positivamente com um vinho que há poucas semanas Porcupine ridge syrah-viogniertinha usado numa confraria, um Syrah/Viognier Sul-africano, o Porcupine Ridge. Em taças comuns de degustação, o vinho estava bom, porém apresentou pouca fruta, aromas animais intensos e baixa percepção das características notas de especiarias. Na Riedel Tasting Experience usando a taça própria para Syrah, a Hermitage, o vinho estava exuberante com a fruta bem presente, nuances animais idem porém de forma bem mais integrada ao conjunto e o final claramente especiado com notas de pimenta. Era um vinho de outro patamar de qualidade e caso não soubesse, diria que se tratava de outro vinho, show!

Enfim, sem exageros, porém de nada adianta comprar um ótimo vinho de 200, 300, 500 ou 900,00 Reais e tomá-lo numa taça “comum”, certamente boa parte do que você pretensamente comprou não estará em sua taça e você não irá usufruir de tudo o que o vinho teria a lhe oferecer, grana jogada fora. Ah, mas eu não compro vinhos desse valor! Argumento aceite, porém o vinho de que falei, o Porcupine Ridge ou o Catena Chardonnay tomados são vinhos na casa dos 100 a 120 Reais! É, deixei você pensativo sobre o tema né? Pois bem, vá fazendo seus testes e comprove por conta própria pois sei bem o que é ser “São Tomé”, porém certamente os 35 participantes que estiveram lá nessa noite não me deixarão mentir! Grato aos amigos que lá estiveram, à Nazaré, à Cristina Geremias, brand manager da Riedel para o Brasil e uma maestra no assunto, à Mistral e à Riedel. Kanimambo, saúde e desculpem pela ausência semana passada, mas o trampo está bravo! rs Uma ótima semana para todos.

Salvar

Salvar

Vino & Sapore 5 Anos, Ufa!

É, para um empreendedor passar dos cinco anos de vida no Brasil é sempre um marco importante já que cerca de 60% das empresas fecham as portas nesse período. Hoje estou celebrando a passagem de mais esse marco pois estou entre os TOP 40%, um sobrevivente, ufa! rs

5th-birthday-wineTudo começou com este blog nos idos de 2007 e uma oportunidade de colocar em prática tudo o que vinha falando por aqui. A busca por diversidade, por bons preços, saindo da mesmice e compartilhando experiências com meus clientes, amigos e confrades. Quase abortei ainda antes do nascimento pois abrir as portas foi um dolorido parto de 9 meses, mas sobrevivi, mesmo que a duras penas!

Sigo na labuta, de forma séria, muito trabalho, muita “invenção” porque navegar é preciso e criar é essencial a qualquer empreendimento. Este ano previa a abertura de algumas parcerias em Sampa onde os amigos leitores e seguidores pedem minha presença em eventos, não consegui, ainda! Espero que no primeiro trimestre de 2016 consiga concretizar esse projeto, mas por enquanto só na Granja Viana mesmo e agora no Trip Advisor, chique no urtimo.

Neste último ano fiquei muito preso na loja e isso tem inibido eventuais saídas a Sampa e outros locais, porém não tem afetado o blog que segue entre os principais do país neste segmento, mesmo com postagens algo mais espaçadas do que gostaria. Um malabarismo diário este mundo do vinho e bem que meu amigo Simon (Kylix) me avisou, bem mais fácil e confortável só Falar de Vinhos do que vende-los num país onde a concorrência fiscal e comercial é bastante desleal.

Tenho o enorme prazer de participar mensalmente da vida enófila de quatro confrarias, de compartilhar meus parcos conhecimentos com esses amigos e outros que me prestigiam, de desfrutar de sua confiança (tremenda responsa e privilégio) o que faz com que o peso de tocar este empreendimento se torne algo mais leve pois, como já dizia o poeta, tudo vale a pena quando a alma não é pequena!

Este singelo post hoje é de agradecimento por todo o carinho que tenho recebido dos amigos nesta empreitada, pelo apoio e confiança, que me fazem seguir adiante. Um Kanimambo enorme a todos e que venham mais alguns!

 

Conhece a Uva Lacrima?

Eu também não, mas já comecei a pesquisar e no dia 23 de Julho pretendo prová-la junto com quem estiver presente em mais uma degustação que armei! Em parceria com a logoMARCA_almeria-OK importadora Almería de meu amigo Juan e seu filho Alexandre, montei uma degustação que tem como tema a exploração de novos sabores provando vinhos elaborados com essa uva rara e outras pouco conhecidas, vai dar mole? São só 12 vagas e nem lancei e só sobraram 8! Ainda não consegui um local em Sampa, então esta também será realizada na Vino & Sapore na Granja Viana a partir das 20 horas.

Recepção: Espumante Gouguenheim Bubbles Brut, um Rosé de Malbec. Argentina

  • Degustação:
    Lolo Albariño – uva branca da região da Galicia, Rías Baixas, Espanha (R$87,00)
    Paco Vintage Garnacha/Tempranillo – a Garnacha é a uva de Navarra, mas junto com a Tempranillo são as mais importantes uvas tintas do país. Espanha (R$98,00)
    Hecula Monastrel – Monastrel é nascida e criada nas regiões próximo a Valencia; Yecla, Alicante e Jumilla na Espanha (R$65,00)
    Orgiolo Lacrima di Morro d’Alba – olha ela aqui! Lacrima é uma uva rara que só se encontra em vinhedos na cidade de Morro d’Alba na Puglia, Itália (R$98,00)
    Perez Cruz Cabernet Franc Edición Limitada – esta uva ganha espaço nas taças dos enófilos porém ainda não é de conhecimento geral. Esta versão vem do Chile (R$105,00)
    Chaski Petit Verdot – A Petit Verdot segue sendo uma incógnita para a maioria e é tradicionalmente usada em blends, no entanto tem despontado como varietal em algumas regiões com grande sucesso. (R$148,00)

Almeria Uvas Pouco Comuns

Pequeno resumo sobre as características das uvas e suas origens será fornecido no dia com espaço para anotações. Para acompanhar, as tradicionais travessas com queijos e frios, água, pão e café ao final. Tudo isso por apenas R$90,00 , pagos no ato da reserva, dos quais R$20 ficam disponíveis como crédito na compra de qualquer um desses vinhos nessa noite. Diversidade sempre, vem desbravar nossa vinosfera você também! Kanimambo pela visita e espero te ver dia 23. Telefone para contato na Vino & Sapore de Terça a Sábado das 14 às 20 horas (11) 4612-6343.

Prazeres Lusos na Taça e no Prato Começam Hoje

De hoje até o próximo dia 27 de Junho, ótimas opções de experimentar e se deliciar com Portugal Fixesabores lusos da enogastronomia, programas que recomendo e olha que disso, modéstia à parte, eu entendo alguma coisinha. Momentos porreiros a serem desfrutados com malta fixe se esbaldando de coisas bestiais!

1 – Hoje, A Qualimpor promove uma degustação na Casa Itaim em São Paulo para enófilos, profissionais do setor e imprensa. Qualimpor Wine Day, degustação de toda a linha de vinhos e azeites da Herdade do Esporão, Quinta do Crasto, Quinta dos Murças, Cavas Freixenet e dos vinhos do Porto Taylor´s.
O evento contará com a presença de Tomás Roquette, produtor do Crasto; do enólogo do Esporão David Baverstock e do diretor da Taylor´s Fernando Seixas, que virão ao Brasil especialmente para a ocasião. Todos apresentarão aos enófilos, profissionais do segmento e imprensa diversos lançamentos e novas safras.
Importadora exclusiva de todas essas marcas, a Qualimpor distribui e comercializa os produtos através de equipe própria e de mais de 20 representantes nos estados brasileiros, atingindo assim todo o território nacional. O Wine Day Qualimpor passará também pelas cidades: Porto Alegre, Rio de Janeiro, Sorocaba, Campinas e Santos. Ligue no SAC e veja como participar, eu não posso ir, lamentavelmente, porém recomendo e sugiro começar pelas cavas e terminar nos Portos, da hora! QUALIMPOR SAC: 0800-7024492

Wine Day Qualimpor - vinhos

2 – Experimenta Portugal dias 20 e 21 (fim de semana próximo) na Virada Cultural no Ibirapuera. As degustações exclusivas e palestras já se encontram esgotadas, porém a visita é imprescindível porque há também um forte viés cultural com shows musicais, exposições literárias, um fim de semana em cheio mergulhando nos sabores enogastroculturais da saudosa terrinha. Surpreenda-se, recomendo a visita e para conhecer a programação completa deste evento promovido com o apoio do Consulado Português, clique na imagem abaixo.

Experimenta Portugal 2

3 – FOOD TRUCK PERFIL DE CHEF na VINO & SAPORE dia 27 de Junho das 13 às 18 horas ou até que a comida acabe! Um experiência única harmonizando pratos e vinhos portugueses, veja o que montei.

Gonçalo Costa, grande chef português, tem uma trajetória de 15 anos atrás dos fogões. Esteve por 8 anos no renomado restaurante Eleven em Lisboa, restaurante com uma estrela do guia Michelin, consultor do restaurante Herdade da Malhadinha (Spa e vinícola no Alentejo), entre outros em Portugal, fez também diversos eventos por toda a Europa. No Brasil desde 2012, passou pelos restaurantes Chakras, Gusto e por último Skye (hotel Unique) em São Paulo, antes de sair para alçar voo próprio com o Truck Gourmet! Sua parceira nesse projeto é Liliane Florêncio, formada no renomado Instituto Paul Bocuse, em Lyon na França onde trabalhou no restaurante “ChezM” do MOF-Meilleur Ouvrier de France, do chef Mathieu Viannay, e no “Atelier Cook and Go” em Paris, onde desenvolveu a habilidade de fazer alta gastronomia de modo prático a um preço justo. Ambos estarão na Vino & Sapore com seu Food Truck Gourmet “PERFIL de CHEF”. O Cardápio será português neste dia e na Vino & Sapore haverão sugestões de vinhos à taça (100ml) para harmonizar cada prato, mas você pode também comprar sua garrafa ou optar por refrigerantes, águas e sucos em lata!

> Bolinhos de Bacalhau do Chef (R$2 por unidade) – Sugestão de Vinho Verde Aromas das Castas Alvarinho/Trajadura 2013 (R$10) – Minho
> Bacalhau à Gomes de Sá (R$23,00) – Sugestão de harmonização Lagar de Darei Grande Escolha branco 2010 (R$13,00) ou Grandes Quintas Colheita Tinto 2009 (R$10,0) – Dão e Douro.
> Arroz de Pato (R$23,00) – Sugestão de harmonização com Casa do Lago Cabernet Sauvignon Gran Reserva 2009 (R$13) ou Casa da Passarela Somontes Colheita Tinto 2010 (R$13,00) – Lisboa e Dão
> Opção não lusa, criação dos chefs: Hamburguer de Salmão com dill e creme de wassabi (R$24,00) – Sugestão de harmonização com Little Quino Sauvignon Blanc 2013 chileno (R$13,00).
> Doces conventuais portugueses – Fatia de Toucinho do Céu, Pastéis de Belém e Travesseiros de Sintra – Sugestão de harmonização com taça (50ml) de Porto Reserva Tawny (Qta do Infantado) ou Ruby (Qta. da Prelada) (R$12,00).

A Vino & Sapore fica na Granja Viana, Km 24 da Rodovia Raposo Tavares, Rua José Felix de Oliveira 875, não dá para errar. Garrafas dos vinhos servidos em taça estarão à venda no dia por um preço especial, vem para cá ó pá!

Clipboard truck Português 2

Bem, por hoje é só. Semana complicada esta, forte resfriado e um monte de trabalho têm dificultado minha escrita e publicação de posts, mas estou retomando. Cheers, kanimambo e seguimos nos encontrando por aqui!

Imperdível!

Na Vino & Sapore estou reformulando portfolio e me sobraram algumas unidades de rótulos de primeira grandeza para os quais estou dando 25% de desconto e mais 5% se pagos à vista (dinheiro, transferência ou cheque) porém válido tão somente nesta semana que antecede a Páscoa. Se sobrar, vão para casa! rs

CAM01691

Mendoza no Feriado de Tiradentes, só restaram três vagas no grupo que me acompanhará nesta saborosa viagem de descobrimentos de novas emoções enogastronomicas. Uma seleção de bodegas muito especiais com degustação de vinhos escolhidos por mim em parceria com nossos parceiros nas bodegas. Certamente uma viagem imperdível e inesquecível! Veja mais clicando na imagem abaixo.

Mendoza logo

Degustação de Malbecs às Cegas! Um Desafio Argentina x Chile para comemorar o DIA DO MALBEC. Como viajo para Mendoza junto com um grupo de 14 pessoas no dia 18, não será possível montar nada para dia 17, porém porquê não um dia antes? Afinal, quem sabe faz hora, certo?! Pois bem Dia 23 de Abril a partir das 20 horas na Vino & Sapore, comemoraremos o Dia do Malbec, criado pela Wines of Argentina, com um Desafio às Cegas, um Argentina & Chile! Para tanto vou selecionar três rótulos de cada região e a degustação se dará com flights de dois vinhos.

Escolherei dois rótulos em cada faixa de preço com variação máxima de 10% no valor; por volta dos R$80, por volta dos R$110 e a mais alta ao redor de R$150,00. Durante a degustação será servido água mineral, pão, queijo, azeite e chorizo espanhol. Ao final será servido um festival de empanadas, seguido de café. Tudo isso já com estacionamento (gratuito) incluído, por R$125,00 por pessoa que deverão ser pagos no ato da reserva.

Devido a degustação ser ás cegas, os rótulos somente serão divulgados após a prova, então terão que confiar naquilo que eu escolhi! rs As vagas estão limitadas a somente 12, então não deixe para a última hora porque estas costumam acabar rapidamente. Enquanto apuramos o resultado do Desafio às Cegas, servirei um Malbec que trarei da Argentina (o Tour por Mendoza para Loucos Por Vinho retorna dia 22) especialmente para o evento.

?????

Cheers, kanimambo e seguimos nos vendo por aqui ou nas sempre agradáveis estradas de nossa vinosfera.

Briego Crianza, mais um Belo Ribera na Minha Taça

Recentemente abri este vinho na loja com alguns amigos para ver se entrava ou não no portfolio junto com seu irmão mais novo o Briego Roble sobre o qual já teci meus comentários aqui. Mais um vinho que agradou em cheio (a Rejane não me deixará mentir) e nos faz refletir sobre a quantidade de produtores pouco conhecidos por aí que fazem alguns caldos muito especiais. Por isso bato tanto na tecla da diversidade e da infidelidade no mundo do vinho. Seja fiel à sua família, à empresa, aos seus negócios e fornecedores, à sua loja ou lojas preferidas, porém não seja fiel ao vinho, deixe-se levar por novos produtores e descubra novas sensações, é muiiiito bom! Tudo bem, tenha seus portos seguros, mas não deixe de viajar pois o sabor da descoberta faz valer a pena.

Briego crianzaBem, mas voltemos ao vinho e ao produtor. Briego significa luta, pelo vinho e pelas terras de uma região na Ribera del Duero que prima por vizinhos de primeiríssimo nível como Veja Sicilia, Pingus, Mauro, Protos, Carraovejas, Pesquera, Alión entre outros famosos, uma região algo mais distante do rio Duero conhecida como “Milla de Oro”,a parte mais nobre da D.O.. Escondido entre tantas estrelas, se esconde este produtor que agora conhecemos, Bodegas Briego, um produtor a ficar de olho!

Um Crianza na região de Ribera del Duero (como em Rioja) necessita passar um mínimo de 12 meses em barricas de carvalho e 12 repousando em garrafas onde afina, antes que possa ser lançado no mercado, porém este Briego Crianza tem um pouco mais. O vinho passa 14 meses (8 em barricas americanas e 6 em francesas) e mais 14 em bodega para só depois chegar em nossas taças. Elaborado com 100% de Tempranillo.

Como no Roble, sua paleta olfativa surpreende por sua riqueza e intensidade chamando-nos a atenção já na abertura da garrafa e se superando na taça quando mostra todo o seu potencial de aromas que nos convida a levar a taça á boca! Surpreende porque os Ribera costumam ser mais exuberantes em boca do que no nariz, mas este exemplar consegue nos despertar sensações em ambos. Fruta madura explode no nariz com suaves nuances mentoladas e algum caramelo. Entrada de boca sedutora ganhando volume no meio de boca onde a parece a tradicional estrutura dos vinhos região. A fruta aqui está mais fresca, acidez média, harmônico com taninos aveludados mais presentes no final de boca deixando um retrogosto de boa persistência onde aparecem nuances de tabaco, tostado e algo de especiarias.

Complexo, é um vinho que agrada sobremaneira e custa na praça algo ao redor das 140 pratas, em linha com vinhos similares disponíveis no Brasil. Importado pela Almeria do amigo Juan, um cara que conhece bem os vinhos de Espanha! Salute amigos e kanimambo pela visita. Uma ótima semana a todos.